Cinderela sem Sapatos...


terça-feira, 18 de setembro de 2012

Cauda de um Cometa



oposto ao sol
leva-me no seu vento aquecido
na sua certeza me perco
...
na sua amabilidade me encontro

leva-me no seu rastro iluminado
solta-me no cósmico por segundos
respiro as estrelas
cheiro a lua

agarra-me novamente
e voo cega e segura
leva-me pro teu Norte
onde a paz me recebe

rabisca-me um céu sublime
traz-me a terra em comas
firma- me no solo frio
onde o sol te vivencia

Busca-me na noite...
Te espero...


Image,cortesia Google

4 comentários:

Pedro Luiz Da Cas Viegas disse...

Eu gostaria de ter escrito esses versos. Como não os fiz, os li viajando-os. Podemos ler de vários modos. É outra liberdade. Não ficamos tão presos como quando escrevemos. Obrigado por este belo poema!

Pedro Luiz Da Cas Viegas disse...

É muito bom ler este poema...

Manoel Carlos Alves disse...

Passei, vi, li e gostei... Parabéns!!! Deixo meu convite para que você dê uma passadinha em meu blog e por gentileza, se gostar do conteúdo, vote para o "PRÊMIO TOP BLOG 2012", Clique em um dos selos "TOP 100" e já abre link para votar em meu blog... http://inkdesignerstampas.blogspot.com

Leila Onofre disse...

Obrigada...amigos! Como e bom te-los aqui.