Cinderela sem Sapatos...


terça-feira, 10 de julho de 2012

Folha na praia


despeja suas energias na areia
cansada suplica o chão
entre caracóis e algas 
e purificada de dor
nada entre ondas salinas
entre encontros e desencontros
bate na pedra escorregadia
com o vai e vem da correnteza
mergulha sem fôlego,
submerge cristalina
quase morta...
folha esquecida no fundo do mar
sem força, ainda molhada,
finalmente descansa!




*Photo by Alycia Bromar

2 comentários:

pedroldcv disse...

Fazer poesia das coisas mais simples. É uma dádiva!

Leila, agora também estou com meu blog no Blogger, o Randomatizes. (www.randomatizes.blogspot.com)Estou copiando os poemas para o novo local mas já tenho algumas coisas novas lá. Visite! Claro que não pretendo abandonar o antigo... Abraço!

Leila Onofre disse...

Com certeza estarei te visitando. Um beijo grande.